Portal Destaque Ir para conteúdo principal
Ir para conteúdo principal Logotipo Guaporé
conteúdo do menu
Conteúdo Principal conteúdo principal
04/12/2020 Sec. de Turismo, Cultura, Esporte
COMPARTILHAR NOTÍCIA

Suspensas temporariamente as partidas da Copa do Brasil de Guaporé

Com aumento nos casos de coronavírus (Covid-19), Governo Estadual vetou competições de atletas amadores por duas semanas

12 selecionados participantes. Cerca de 350 integrantes de comissões técnicas e jogadores. 12 partidas disputadas no Estádio General Ernesto Dorneles – Campo do Juventude. 32 gols marcados pelos artilheiros. Lances de craque e muitas emoções. Assim desataca-se a Copa do Brasil de Guaporé, competição unificada para marcar a temporada 2020 do esporte da “Capital da Hospitalidade”.

O certame, organizado pela Administração Municipal, através da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, juntamente com o Conselho Municipal de Desporto (CMD), sofrerá uma paralisação de 14 dias, a contar de 1º de dezembro. O motivo: aumento no número de casos do coronavírus (Covid-19) no território gaúcho que obrigou o Governo Estadual, através do Gabinete de Crise à Covid-19, a tomar medidas emergenciais e restritivas para evitar o avanço.

“...as novas restrições à circulação de pessoas e a suspensão do sistema de cogestão do Distanciamento Controlado devem durar duas semanas, mas, se for necessário, não está descartada a prorrogação do prazo ou alteração dos protocolos”, destaca o comunicado do Governo Estadual.

Estão liberadas somente competições de atletas profissionais, sem público. Vedados os eventos esportivos amadores.

“Diante desta situação a Copa do Brasil de Guaporé será paralisada temporariamente. Após o período de 14 dias, vamos analisar a situação e o quadro geral no Estado, aguardar as determinações do Governo, para ver se haverá a possibilidade de darmos continuidade à competição. Nossa vontade é concluir ainda em 2020, porém, precisamos, acima de tudo, preservar a saúde de todos os envolvidos”, disse Anderson Scalco, assessor da secretaria e integrante do CMD.

Conforme Scalco, todos os dirigentes, integrantes das comissões técnicas e jogadores das equipes classificadas para as quartas de final (Ajax, Atlético, Colombense, Cruzeiro, Descubra, Juventude, São Paulo e União/São José) foram sensíveis à paralisação e entenderam que o momento requer cuidados especiais com a saúde.

“Assim que tivermos a liberação, vamos dar sequência à Copa do Brasil de Guaporé seguindo todos aqueles protocolos sanitários que estavam sendo exigidos e cobrados dos participantes. Infelizmente vivemos essa situação delicada e nós, organizadores, estamos atentos aos aumentos nos casos da doença”, destacou.

Não descarta-se o término do campeonato antes das festividades do Natal e final de ano. Caso haja a liberação pós o período temporário (encerra dia 14) os confrontos poderiam acontecer nos dias 16, 19 e 23. Se não houver a possibilidade, com a extensão da suspensão das atividades esportivas para eventos amadores, a Copa do Brasil de Guaporé será concluída nos primeiros meses de 2021.

Outras Notícias