Portal Destaque Ir para conteúdo principal
Ir para conteúdo principal Logotipo Guaporé
conteúdo do menu
Conteúdo Principal conteúdo principal
07/07/2020 Gabinete do Prefeito
COMPARTILHAR NOTÍCIA

Guaporé prossegue na bandeira laranja

Município e outros 48 da Serra Gaúcha permanecem como área de risco médio de contágio do coronavírus (Covid-19)

A região da Serra Gaúcha, composta por 49 municípios entre eles Guaporé, Cotiporã, Vista Alegre do Prata, União da Serra e Fagundes Varela, continuará como área de risco médio de contágio ao coronavírus (Covid-19). O Governo Estadual, após anunciar preliminarmente que a região, juntamente com mais nove em todo o território gaúcho, estava classificada em bandeira vermelha no modelo de Distanciamento Controlado, reconsiderou o recurso com os novos dados apresentados pela Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), através do Observatório Regional de Saúde (OBSAÚDE).

O anúncio definitivo da 9ª rodada do Distanciamento Controlado aconteceu no final da tarde da segunda-feira, dia 6 de julho, durante videoconferência transmitida nas redes sociais pelo governador Eduardo Leite. Após análise dos 37 recursos apresentados, das 10 regiões em bandeira vermelha, quatro (Caxias do Sul, Passo Fundo, Erechim e Taquara) retornam para a laranja, as demais (Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Capão da Canoa, Palmeira das Missões e Pelotas) permanecem com alto risco de contágio e com maiores restrições nas atividades econômicas consideradas não essenciais.

A decisão de reconsiderar as regiões levou em conta, principalmente, o aumento da capacidade hospitalar na comparação com o índice de contágio da população. No recurso encaminhado pela Amesne, segundo o prefeito de Cotiporã que é presidente José Carlos Breda, havia números consideráveis de ações preventivas e voltadas à saúde da população. A Serra Gaúcha aumentou a disponibilidade de leitos de 76 para 83 e registrou menos mortes pela doença com relação à semana anterior (havia sido 16 e passou para 12 óbitos).

O prefeito de Guaporé, Valdir Fabris, que é 2º vice-presidente da Amesne, afirma que o trabalho coletivo dos gestores municipais da região, nas negociações com o Governo Estadual e no controle diário dos números de dados positivos, internações hospitalares e em leitos de UTI decorrentes da Covid-19, tem apresentado uma grande eficácia, visto que é a terceira vez consecutiva que a Serra Gaúcha consegue reverter o posicionamento preliminar no Distanciamento Controlado.

“O Governo Gaúcho reconsiderou os números apresentados por nós. Peço ao povo guaporense para que continuemos mostrando aos demais municípios que a nossa parte está sendo feita. Sem aglomerações, respeitando o distanciamento social, utilizando máscara em locais públicos e privados, mantendo os ambientes higienizados e usando álcool gel nas mãos. Vamos continuar lutando e juntos. Vamos continuar tendo um ponto de equilíbrio entre saúde e a economia”, afirmou Fabris.

Mesmo na bandeira laranja, o alerta está mantido na Serra Gaúcha para que não haja aumento de contágio além da oferta de leitos.

Outras Notícias