Guapore - Inicial  
Tempo
Pesquisar:   Acessibilidade A1 A2 A3
Serviços:               Portal da Transparência:
Declaração
Eletrônica ISS
 
Nota Fiscal Eletrônica
de Serviços
 
Portal
Municipal
 
Edital de Concurso Público
 
Prefeitura Transparente
 
Serviço de Informações
ao Cidadão
 
Portal da
Transparência
Home
NOTÍCIAS
02/10/2018
Professores da Educação Infantil garantem adicional de insalubridade
Postado por: Secretaria da Educação
Professores da Educação Infantil garantem adicional de insalubridade

O Governo Municipal, em especial a Secretaria de Educação, comemora a aprovação pela Câmara de Vereadores, de um projeto que traz justiça salarial aos professores da Rede Municipal de Educação Infantil, que passarão a ter um adicional salarial de 20% relativo à insalubridade. “Não achávamos justo que esses profissionais não tivessem o adicional de insalubridade, já que os monitores e os professores de berçário recebiam este benefício. Nosso projeto, encaminhado ao Legislativo e aprovado, agora garante mais justiça salarial. Claro que não é fácil, em um período de crise, em que muitos municípios parcelam salários, nós adicionarmos 20% aos pagamentos de 24 profissionais. Mas é justo, por isso nos empenhamos e dividimos essa conquista com esses profissionais que tanto merecem” disse o prefeito Valdir Carlos Fabris.
Os professores do Maternal e Pré 1 atendem crianças de até 4 anos de idade e o adicional é previsto já que executam todo o atendimento na área de educação, higienização das crianças, banho quando necessário, troca de fraldas, higienizar vias respiratórias, manter as salas limpas, varrer, secar umidades em pisos sanitários, higienizar possíveis ferimentos, enfim, atender de forma completa, com segurança e qualidade cada pequeno guaporense atendido pelas escolas de Educação Infantil da Rede Municipal.
“É uma grande conquista. Estamos muito felizes. Trabalhamos muito nisso e a aprovação dos vereadores iguala o adicional a outros profissionais que desempenhavam essas funções e tinham a insalubridade. Corrigimos um erro e atendemos uma reivindicação de muitos anos. Temos que comemorar”, diz a secretária Veridiana Tonini.
O projeto foi aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores de Guaporé, na sessão de 1 de outubro, a reivindicação era dos profissionais e Sindicato dos Municipários.