Município de Guaporé
Guapore - Inicial  
Tempo
Pesquisar:   Acessibilidade A1 A2 A3
Serviços:               Portal da Transparência:
Declaração
Eletrônica ISS
 
Nota Fiscal Eletrônica
de Serviços
 
Portal
Municipal
 
Edital de Concurso Público
 
Prefeitura Transparente
 
Serviço de Informações
ao Cidadão
 
Portal da
Transparência
Home
NOTÍCIAS
06/08/2018
Mostra Guaporé: abertura oficial contou com pronunciamento de autoridades
Postado por: Secretaria de Turismo, Cultura e Esportes
Mostra Guaporé: abertura oficial contou com pronunciamento de autoridades

A cerimônia oficial de lançamento da 17ª Mostra Guaporé – Expocultural e 6ª Feira de Agronegócios – realizada na noite da sexta-feira, dia 3 de agosto, no Autódromo Internacional Nelson Luiz Barro, contou, além da presença dos diretores da Associação Guaporé Pró-Eventos, deputados federais e estaduais, prefeitos e vices dos municípios arredores, presidentes e representantes de entidades ligadas aos mais diversos setores da economia, patrocinadores e expositores da feira, autoridades da segurança pública e eclesiásticas, visitantes e imprensa, com um diferencial a mais e que trouxe esperança para os organizadores. Durante seu discurso, o prefeito Valdir Fabris, anunciou o local onde pretende edificar o tão sonhado Centro Municipal de Eventos.
“Levanto o olhar nesta solenidade festiva e o que vejo aqui é a Mostra Guaporé. A Mostra Guaporé que abre hoje, aquela que encerrou em agosto de 2017 e todas as outras que a antecederam.
Vejo a Mostra Guaporé nascendo do sonho de alguém que possa ter sido desacreditado. “Que loucura, fazer uma feira desse porte”, podem ter dito. Vejo a Mostra Guaporé nascendo daquele que acreditou na ideia e apoiou: “Uma feira unindo o que temos de melhor, e por que não?”.
Vejo todos aqueles que fazem este evento hoje e que o fizeram ontem, para que continue evoluindo amanhã.
Percebam que tem sempre alguém que vai nos questionar, quando ousamos. Vai dizer: mas por quê?
Que sejamos nós a responder: Por que não?
Porque não voltar para a Itália e aprender a arte da fabricação de peças em ouro, terá se questionado nosso pioneiro, João Pasquali, que abriu as portas da produção artesanal da joia.
Porque não seguir esse negócio de sucesso, abrindo mais fábricas, questionaram-se outros.
E o melhor: nossos antecessores não ficaram só nas perguntas. Partiram para a ação. Por isso estamos aqui! Ousados que somos, empreendedores que somos, sonhadores que somos, realizadores que somos!
Da pequena colônia de imigrantes italianos com o primeiro ourives, chegamos ao posto de Polo Gaúcho da Joia. Que grande salto damos!
E continuamos andando, correndo, saltando, voando! Toda a vez que empreendemos e que colocamos a mão na massa!
A Mostra Guaporé abre hoje suas portas coroada de sucesso antecipado porque cada um de vocês chamou para si a responsabilidade e disse: deixa que eu faço!
As boas mudanças acontecem quando não deixamos para depois, quando não deixamos para mais tarde. Nós somos a mudança que procuramos!
Assim, nesta proposta de um resgate histórico, cultural, de uma mudança de atitude diante da forma como nós enxergamos a nossa feira, a Associação Guaporé Pró Eventos convidou cada um a VIVER a Mostra Guaporé. Ter sua experiência única e individual deste evento. Seja comprando, seja provando, seja conhecendo, seja vendendo, seja organizando.
O Poder Público desde o primeiro momento não se colocou atrás, ou na frente dos Organizadores. Colocou-se ao lado! E assim cada passo dado tem sido lado a lado: público, privado, governo, entidades, empresários, expositores.
Nesta caminhada seguimos realizando hoje e construindo o amanhã. Quando os senhores saírem para buscar seus veículos e cruzarem a reta do Autódromo Nelson Luiz Barro, quero que visualizem do outro lado, naquele amplo espaço que dispomos em frente à reta, a futura casa da Mostra Guaporé e de todos os eventos que surgirem e puderem ocupar esse espaço.
Estou falando do Centro de Eventos, cuja definição do local, em conjunto, foi decidida. Levando em conta espaço, estacionamento, acesso e logística. E neste exato momento, juntos também estamos viabilizando este projeto economicamente. Estamos democraticamente consultando todos os envolvidos para buscarmos um caminho seguro de edificarmos a casa da Mostra com alicerce e telhado, ou seja, do começo ao fim, como a nossa comunidade merece.
Quero também dizer da emoção que sinto em estar à frente do Poder Executivo diante de uma comunidade tão valente. De empresários que não temem a crise, pelo contrário, a partir dela CRIAM oportunidades. Geram empregos, movimentam a economia. Fechamos o semestre, de acordo com o Ministério do Trabalho, com saldo positivo na geração de empregos formais. Isso significa empreender, gerar renda, qualidade de vida, desenvolvimento.
Aqui, crescemos no setor primário, investimos no AGRO! Agronegócios, agroindústrias, turismo rural. Aqui, expandimos na indústria, exportamos e chegamos a todos os continentes com nossas joias, lingeries, moda praia, confecções. Aqui, ampliamos o leque de serviços, atraímos profissionais qualificados, apostamos no crescimento coletivo, para que todos possam colher bons frutos.
A Mostra Guaporé é a prova! Vendas diretas, negócios a médio e longo prazo, movimentação de restaurantes, comércio central. Impulsão para o turismo.
Se tivesse agora condições de dar um espelho a cada um, poderia mostrar o quanto cada pessoa aqui presente é responsável por este sucesso! Vocês olhariam para seus rostos e veriam a Mostra Guaporé! Vocês são a Mostra Guaporé, nós somos!
Vamos abrir os braços, os sorrisos e bem receber cada um que chegar à nossa casa, à nossa terra, à nossa Feira e mostrar que sim, nós vamos além! Nós podemos mais! Ninguém segura a Mostra Guaporé 2018!
Sucesso é nosso nome!” disse.


Além dos discursos, do presidente da Feira, Edmilson Zortea, Paulo César Giroldi, que no ato representou o Ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, aconteceu uma pequena amostra do que a Cia. De Artes Caripaiguarás mostrará aos visitantes que estiveram presentes na Mostra Guaporé. O grupo contará a história da indústria joalheira no município. O padre Jacob Tônus, da Paróquia Santo Antônio, deu a benção, desejando a todos muito sucesso. Posteriormente, os convidados, acompanhados do presidente da feira e do prefeito, desataram a fita inaugural e visitaram os expositores.