Guapore - Inicial  
Tempo
Pesquisar:   Acessibilidade A1 A2 A3
Serviços:               Portal da Transparência:
Declaração
Eletrônica ISS
 
Nota Fiscal Eletrônica
de Serviços
 
Portal
Municipal
 
Edital de Concurso Público
 
Prefeitura Transparente
 
Serviço de Informações
ao Cidadão
 
Portal da
Transparência
Home
NOTÍCIAS
20/04/2018
Vacinação contra a gripe inicia segunda feira, dia 23
Postado por: Secretaria da Saúde
Vacinação contra a gripe inicia segunda feira, dia 23

A Secretaria de Saúde, de Guaporé, promove, de 23 de abril a 1º de junho, a 20ª Campanha de Vacinação contra a Gripe Influenza. O “Dia de Mobilização Nacional – Dia D” – será no sábado 12 de maio. Nesta data, o Centro Municipal de Saúde e os Estratégias de Saúde da Família (ESFs) estarão abertos das 8 às 17 horas para que a dose da vacina seja aplicada em crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas, professores, profissionais da saúde, indivíduos com 60 anos ou mais, pessoas portadoras de doenças crônicas.

Quantos devem receber a vacina em Guaporé?
Estimativas apontam que cerca de sete mil pessoas fazem parte dos grupos prioritários e estão aptos a receber a vacina. A meta é imunizar, ao menos, 90% deste contingente contra os vírus A (H1N1e H3N2) e B. Estão aptas a receber a dose da vacina: 1.187 crianças; 385 trabalhadores na saúde; 230 gestantes; 38 puérperas; e 3.190 idosos. O restante do público alvo, cerca de 3.000 mil pessoas, são doentes crônicos, professores, população prisional e funcionários da Susepe.
Conforme Regina Fin, coordenadora do Setor de Vigilância Epidemiológica e Imunizações, as doses, a partir do dia 23, serão aplicadas em grupos específicos e prioritários.
“Vamos atender primeiramente, as gestantes, puérperas, as pessoas com mais de 60 anos, profissionais da área da saúde e principalmente as crianças dos seis meses a menor de cinco anos. As vacinas vêm fracionadas, em até seis vezes. Receberemos num primeiro momento cerca de mil. Não conseguimos sair aplicando as doses em todo mundo. É importante que haja essa conscientização para que possamos ter sucesso em mais uma campanha”, disse.
A vacina, conforme destaca a enfermeira Regina, é contraindicada para crianças menores de 6 meses e cidadãos com histórico de reação alérgica grave à proteína do ovo. Quem for receber a dose, deve apresentar a caderneta para registro da aplicação e verificação de vacinas em atraso.