Guapore - Inicial  
Tempo
Pesquisar:   Acessibilidade A1 A2 A3
Serviços:               Portal da Transparência:
Declaração
Eletrônica ISS
 
Nota Fiscal Eletrônica
de Serviços
 
Portal
Municipal
 
Edital de Concurso Público
 
Prefeitura Transparente
 
Serviço de Informações
ao Cidadão
 
Portal da
Transparência
Home
NOTÍCIAS
16/01/2018
Mais saúde: será que você tem hipocloridria e não sabe?
Postado por: Secretaria da Saúde
Mais saúde: será que você tem hipocloridria e não sabe?

O que é hipocloridria? É a falta de secreção ácida no estômago. Temos também a Hipercloridria que é o excesso de secreção ácida no estômago. Nosso estômago deve ser ácido, para que ocorra a digestão de proteínas e ativação da vitamina B12.
Um ponto muito importante é saber diferenciar, através da análise de sinais e sintomas, qual é a alteração gástrica apresentada pelo paciente. Temos quatro perguntas indispensáveis para descobrir alterações. São elas: Você apresenta fermentação no estomago e gases frequentemente? Você apresenta frequentemente azia ou queimação? Você apresenta dor ou desconforto após a refeição ou quando não come nada? Como é sua digestão para refeições muito proteicas, quando você come carne vermelha, ela causa estufamento?
Se você apresentar todos esses sintomas, provavelmente está com hipocloridria. Além disso, para absorvermos vitaminas e minerais, precisamos de um PH adequado, ou seja, ácido no estômago. Mudar os hábitos alimentares para uma alimentação orgânica é o primeiro passo para uma microbiota intestinal mais saudável.
A queimação no estômago e o refluxo também estão relacionados com a hipocloridria? Sim, podem estar relacionados com a diminuição na produção do ácido clorídrico. Na falta do ácido, a digestão dos alimentos é prejudicada, facilitando assim o refluxo do alimento não digerido, gerando a sensação de queimação. Os principais sintomas são desconforto abdominal, arrotos excessivos, queimação, flatulência imediatamente após a refeição, indigestão, diarréia ou intestino preso, sensação de barriga cheia após comer moderadamente, língua branca e mau hálito.

Como diferenciar Hipercloridria de Hipocloridria? É bem simples, faça o teste do limão. O limão é uma fruta ácida. Quando você come o limão você passa mal? Sente uma queimação no estômago? Se você sentir queimação e desconforto é hipercloridria. Agora, se você já possui estes sintomas de azia e queimação, e vier a consumir limão, e a azia e a queimação passarem, é porque você possui hipocloridria. Ou seja, se houver pouco ácido no estômago, você sentira azia e queimação. Neste caso, o limão suprirá esta falta de ácido, e acabará com a azia e a queimação. Ao contrário, se houver muito ácido no estômago, e vier a consumir limão, a acidez do limão irá somar-se a acidez do estômago, desencadeando um azia e queimação maior do que era sentido antes de ingerir o limão.

O que pode causar uma hipocloridria? Uso de medicamentos contínuos de omeprazol e antiácidos, consumo abusivo de cafés e chocolates, consumo exagerado de gorduras trans, excesso de embutidos, excesso de bebidas alcoólicas e refrigerantes, excesso de leite e soja. O exagero de açúcar e doces em geral enfraquecem muito nossa capacidade digestiva, prejudicando a liberação de enzimas digestivas, favorecendo o quadro.

Como tratar a hipocloridria? Evite tomar líquidos durante as refeições, mastigue devagar os alimentos. Lembre-se: a digestão inicia na boca. Consuma carne bovina somente duas vezes por semana. Controle seu estresse e sua ansiedade. Meia hora depois das principais refeições tome chás digestivos como hortelã, funcho ou alecrim. Estas ervas aumentam a secreção ácida no estômago e possuem ação anti-inflamatória. Outro fitoterápico é a espinheira santa, essa erva possui substâncias que ajudam a proteger a mucosa do estômago. A Couve, em especial, contém uma substância chamada de inositol que diminui a irritação e promove a regeneração da mucosa gástrica.

Dica: consuma o suco verde três vezes por semana.
Outro alimento interessante é o limão como foi citado anteriormente faça o teste e veja se ele faz bem para a sua saúde.

Um fitoterápico que eu gosto muito de usar é o Aloe Vera, popularmente chamada de babosa, essa planta possui ação anti-inflamatória e aproximadamente 75 nutrientes que auxiliam na recuperação da mucosa gástrica, tem ação calmante e cicatrizante.

Os probióticos e os Kefir são suplementos que ajudam na recuperação do muco na parte gastrointestinal, mas sozinhos não têm um bom resultado. Devemos usar o ácido clorídrico e começar o tratamento pelo estômago.
Para tratar a hipocloridria é necessário recuperar a mucosa gástrica e o muco.

O tratamento para pouco muco é com L glutamina, aloe vera, vitaminas do complexo B, vitamina A, zinco e outros.
Sabe aquele paciente com osteoporose? Para absorver os micronutrientes como o cálcio, magnésio, vitamina K, manganês, silício e outros temos que tratar essa microbiota intestinal para absorver todos esses micronutrientes.

Tem contra indicação para uso do ácido clorídrico? A contra indicação para usar o acido clorídrico é ter hipercloridria.

FICA A DICA: VAMOS DAR ATENÇÃO À NOSSA MICROBIOTA INTESTINAL, ELA É MUITO IMPORTANTE. UMA ALIMENTAÇÃO EQUILIBRADA E UMA ÓTIMA ABSORÇÃO E DIGESTÃO DOS ALIMENTOS GARANTEM O METABOLISMO EQUILIBRADO.

Secretaria da Saúde- Programa Mais Saúde
Michele Dagnese e Ana Paula Trentin- Nutricionistas