Guapore - Inicial  
Tempo
Pesquisar:   Acessibilidade A1 A2 A3
Serviços:               Portal da Transparência:
Declaração
Eletrônica ISS
 
Nota Fiscal Eletrônica
de Serviços
 
Portal
Municipal
 
Edital de Concurso Público
 
Prefeitura Transparente
 
Serviço de Informações
ao Cidadão
 
Portal da
Transparência
Home
NOTÍCIAS
15/09/2017
Escola Nairo José Prestes e o olhar além da escola
Postado por: Secretaria da Educação
Escola Nairo José Prestes e o olhar além da escola

Nos dias 08,15 e 22 de agosto a Escola Municipal de Educação Infantil Nairo José Prestes, realizou encontros com pais, professores e monitores, com o tema: “Olhar além da escola”, fazendo parte do Projeto de Gestão Anual (PGA). O objetivo é contribuir para o desenvolvimento de políticas de atendimentos na escola, a fim de ampliar e estimular ações no desenvolvimento das crianças, professores, monitores, funcionários, direção, coordenação e famílias.
O projeto e planejamentos diários, bem como as palestras informativas para pais e educadores, foram pautados nos direitos da infância, considerando o desenvolvimento de acordo com as diferentes faixas etárias e a filosofia da escola. “Escola, família e comunidade unidas no desenvolvimento integral da criança”. (PPP/2015 p10). Crianças com diferentes exigências de ensino não podem ser negligenciadas, nesse sentido, atitudes de escuta no cuidar, brincar e estimular perpassam por todos os educadores. A brincadeira é uma importante experiência afetiva, criativa, social, cultural constituindo-se nas situações importantes do experimentar e sentir, no contato com objetos e nas diversidades dos sujeitos. As interações entre professores, pais e monitores devem ser marcadas pelas experiências pessoais e na intencionalidade do ser e fazer, pelo afeto e respeito, afinal são exemplos para as crianças.
Assim, com apoio dos técnicos do Núcleo de Apoio à Escola (NAE), direção, coordenação, pais, professores e monitores participaram de três encontros informativos. Os assuntos abordados foram sobre o desenvolvimento infantil conforme as faixas etárias, sobre o brinquedo e o brincar, o desfralde, o bico, o desenvolvimento das linguagens, desenvolvimento da fala e a formação da criança nessas interações quando permeados pela significância do afeto, limites e estimulação na construção de sujeitos críticos, autonômos e solidários.
Direção e coordenação agradecem a contribuição de todos os participantes e colaboradores.