Guapore - Inicial  
Tempo
Pesquisar:   Acessibilidade A1 A2 A3
Serviços:               Portal da Transparência:
Declaração
Eletrônica ISS
 
Nota Fiscal Eletrônica
de Serviços
 
Portal
Municipal
 
Edital de Concurso Público
 
Prefeitura Transparente
 
Serviço de Informações
ao Cidadão
 
Portal da
Transparência
Home
NOTÍCIAS
19/07/2017
Posse: Guaporenses na diretoria da Fiergs
Postado por: Governo
Posse: Guaporenses na diretoria da Fiergs

O Teatro do Sesi, em Porto Alegre, foi palco para a Solenidade de Posse da Diretoria da Fiergs, 2017/2020, na terça feira, dia 18 de julho. O prefeito Valdir Fabris, vice Adalberto Bastian acompanhados pelas esposas e demais autoridades guaporenses foram, em comitiva, para a capital dos gaúchos, visando prestigiar dois guaporenses que foram empossados diretores da Federação.
O industrial Gilberto Porcello Petry tomou posse como presidente do Sistema FIERGS. Petry substitui Heitor Muller. Na ocasião assumiram também os titulares e suplentes das diretorias da Federação e do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS/CIERGS) para a gestão 2017/2020, entre eles os diretores Edilson Luiz Deitos e Norberto Luiz Pasqualotto.
No evento, Petry comprometeu-se a ser um porta-voz dedicado e esforçado do setor. Em seu discurso de posse, ele também destacou que a federação e o Ciergs são entidades que não se filiam ou se aliam a qualquer partido político. “Nosso alinhamento é com o setor industrial, com o desenvolvimento do Rio Grande do Sul e do Brasil, e com a ética e a decência nos negócios, especialmente para aqueles que digam respeito à administração pública”, afirmou, salientando que as dificuldades das empresas não são virtuais, mas problemas concretos que precisam ser resolvidos. Para Petry, o empresariado enfrenta uma lista de situações e imposições contrárias à produção. Entre elas, a enorme burocracia, a tributação elevada, o crédito seletivo caro, os juros elevados e o diminuto investimento na infraestrutura e logística.
Para o prefeito Fabris, a presença de dois guaporenses na direção do Sistema demonstra não só a qualificação e capacitação de Deitos e Pasqualotto, como também a força da indústria guaporense no Rio Grande do Sul.