Guapore - Inicial  
Tempo
Pesquisar:   Acessibilidade A1 A2 A3
Serviços:               Portal da Transparência:
Declaração
Eletrônica ISS
 
Nota Fiscal Eletrônica
de Serviços
 
Portal
Municipal
 
Edital de Concurso Público
 
Prefeitura Transparente
 
Serviço de Informações
ao Cidadão
 
Portal da
Transparência
Home
NOTÍCIAS
22/06/2017
Pós-cheia: Quantidade de lixo recolhida na cidade serve de alerta
Postado por: Governo
Pós-cheia: Quantidade de lixo recolhida na cidade serve de alerta

Impressiona a quantidade de lixo recolhido das margens do Arroio Barracão, após a enxurrada do dia 8 de junho, quando as águas da chuva e do rio invadiram as ruas, carregaram todo o entulho depositado em lugares irregulares como terrenos baldios, calçadas, margens e em quintais.
Desta forma, também o lixo contribuiu com o aumento do problema e o tamanho do estrago provocado pela força das águas.
As toneladas de entulho recolhidas pelo Poder Público, que receberão destinação correta, representam também a irresponsabilidade das pessoas que não descartam corretamente o lixo que produzem.
Muitos móveis, eletroeletrônicos, colchões, foram perdidos com a enchente, prejudicando as famílias, porém a maior parte do entulho recolhido e provisoriamente colocado em terreno do antigo Curtume, ilustra o problema do descarte irregular de todo tipo de material: restos de construção, galhos, eletrodomésticos ou móveis colocados de forma irregular em muitos pontos da cidade, e que foram carregados pelas águas obstruindo pontes, entupindo bueiros, atrapalhando a vazão da água.
Mesmo depois da tragédia que resultou no decreto de Situação de Emergência, já reconhecido pelo Estado, é possível ver que a prática continua.
Nas estradas do interior, principalmente seguindo o leito do rio, rumo à Linha Três de Maio, Brítola, há lixo irregular sendo depositado. Este é um dos lugares mais comuns, mas infelizmente não o único.
A identificação e punição dos culpados, já que o descarte irregular é crime ambiental, é difícil. Porém, fácil é a conscientização, se cada um fizer sua parte.
Guaporé possui recolhimento de lixo seco e de lixo orgânico. A coleta seletiva acontece em bairros e no centro da cidade. O recolhimento de lixo eletrônico acontece através da secretaria de Meio Ambiente em campanhas regulares amplamente divulgadas.
Restos de construção, materiais de empresas e móveis inutilizados, precisam ser descartados corretamente e são de responsabilidade do cidadão, não do Poder Público. Se cada um fizer sua parte, a cidade fica mais bonita, limpa, o meio ambiente agradece e as tragédias podem ser minimizadas.