Guapore - Inicial  
Tempo
Pesquisar:   Acessibilidade A1 A2 A3
Serviços:               Portal da Transparência:
Declaração
Eletrônica ISS
 
Nota Fiscal Eletrônica
de Serviços
 
Portal
Municipal
 
Edital de Concurso Público
 
Prefeitura Transparente
 
Serviço de Informações
ao Cidadão
 
Portal da
Transparência
Home
NOTÍCIAS
07/06/2017
Guaporé comemora números positivos na safra de grãos
Postado por: Secretaria da Agricultura
Guaporé comemora números positivos na safra de grãos

Os produtores comemoram a colheita da safra de grãos. As condições meteorológicas – chuvas na hora certa – favoreceram a evolução das lavouras e aumentaram o percentual colhido. A produtividade, principalmente das culturas da soja e milho, foi superior ao estimado. Em Guaporé, após contabilidade dos dados com os agricultores, as médias foram muito boas e historicamente bem acima do colhido.
A safra da soja ficou em produtividade de 4.000 quilos por hectare. Isso significa que foram colhidas 66 sacas por hectare (sc/ha). A área plantada do milho, que se manteve da edição anterior, apresentou crescimento na SC/ha. Foram 150 sacos, o que representa uma colheita na “Capital da Hospitalidade” que supera os 9.000 Kg/ha.
Um dos principais problemas com a super safra em solo guaporense, é o armazenamento dos grãos de milho, uma vez que a soja tem ganho a preferência na ocupação dos silos e armazéns pelo preço de negociação mais elevado.
“Temos incentivado os produtores rurais a construírem seus silos de armazenagem. Esse ano que tivemos uma produção expressiva, percebemos que tem que aumentar a capacidade de armazenamento para que não joguemos a produção de imediato no mercado. Se acontecer, baixará o preço e não há como controlar. O ideal é que aumentemos a capacidade estática nas propriedades, nas cooperativas e nas associações. A Emater tem uma tecnologia (secagem por ar) que a qualidade do produto fica muito boa e o investimento não é de grande monta para o agricultor”, afirma o engenheiro agrônomo da Emater Antônio Cesar Perin.
Os números são contabilizados pela Emater de Guaporé, que sempre atua ao lado da Secretaria da Agricultura, em defesa do produtor rural.