Guapore - Inicial  
Tempo
Pesquisar:   Acessibilidade A1 A2 A3
Serviços:               Portal da Transparência:
Declaração
Eletrônica ISS
 
Nota Fiscal Eletrônica
de Serviços
 
Portal
Municipal
 
Edital de Concurso Público
 
Prefeitura Transparente
 
Serviço de Informações
ao Cidadão
 
Portal da
Transparência
Home
NOTÍCIAS
02/06/2017
Comitiva italiana traz perspectiva de intercâmbio para agricultores
Postado por: Secretaria da Agricultura
Comitiva italiana traz perspectiva de intercâmbio para agricultores

Gemellaggio
Comitiva italiana traz perspectiva de intercâmbio para agricultores
Grupo foi recebido pelo Poder Público e pelo Conselho Municipal de Turismo

Boas notícias para aqueles trabalham para tornar o Gemellaggio entre Guaporé e Valdagno, mais que um acordo de amizade e parceria entre cidades irmãs, mas sim grandes oportunidades de estudo e qualificação profissional, pessoal, troca de tecnologias e intercâmbios.
A primeira excelente notícia na prática surgiu com a visita de uma comitiva de italianos da região do Vêneto, comandada pelo presidente da ABM Mondiale e vice presidente da Unione Associazione Italiane Emigracione, Oscar de Bona e pelo prefeito de San Tomaso Agordino, Moreno de Val, e mais onze pessoas que foram recepcionadas em Guaporé.
O grupo foi recebido pelo Conselho Municipal de Turismo, presidido por Ivaldinho Lodi Rissini, e pelo Poder Público, com o prefeito em Exercício na ocasião, Adalberto Bastian, acompanhando todas as atividades durante os dias 30 e 31 de maio.
Bons frutos
Da visita surgiu a oportunidade de um intercâmbio voltado aos produtores de Guaporé. Organiza-se a primeira missão de agricultores para o mês de junho de 2018, quando um grupo de cerca de 15 pessoas terão a oportunidade de visitar e aprender com os grandes produtores de queijo na Itália. “O Gemellaggio é um pacto de amizade. Por isso, as pessoas abrem as portas de suas cidades, regiões, países e de suas casas, umas para as outras. Nós, que viemos da região do Vêneto, voltaremos à região para uma especialização. Pretendemos visitar e aprender com pessoas em uma região que produz mais de 300 tipos de queijo. São muitas variedades que depois, poderão ser produzidas aqui, agregando valor ao produto das nossas agroindústrias. O projeto está nascendo, tenho certeza que se tornará real e será excelente”, diz Lodi.
“Temos a ideia de qualificar, para ampliar horizontes. O intuito é conhecer novas técnicas e aproveitar mais de mil anos de evolução do povo do vêneto, tanto em técnicas de plantio, manejo, armazenamento e venda”, complementa.
O Poder Público de Guaporé é apoiador e incentivador do Gemellaggio, e colocou-se à disposição de todos que trabalham para estreitar laços com a Itália e colher bons frutos desta parceria que já tem resultados práticos.