Guapore - Inicial  
Tempo
Pesquisar:   Acessibilidade A1 A2 A3
Serviços:               Portal da Transparência:
Declaração
Eletrônica ISS
 
Nota Fiscal Eletrônica
de Serviços
 
Portal
Municipal
 
Edital de Concurso Público
 
Prefeitura Transparente
 
Serviço de Informações
ao Cidadão
 
Portal da
Transparência
Home
NOTÍCIAS
22/05/2017
Centro de Eventos: Arquitetos são convidados a debater melhor local
Postado por: Secretaria de Turismo, Cultura, Esportes e Desenv. Econômico
Centro de Eventos: Arquitetos são convidados a debater melhor local

A construção do Centro Municipal de Eventos segue em pauta na administração municipal e entre as entidades e comunidade. Todas as entidades interessadas estão participando de um amplo debate para a decisão final do local onde a obra será edificada. O objetivo é anunciar este lugar em agosto, durante a Mostra Guaporé, evento que no futuro deverá ter o Centro de Eventos como sede fixa.
Além da Feira, o espaço também servirá para abrigar todos os eventos culturais, musicais, turístico/comerciais, onde haja maior aglomeração de pessoas, com espaço e segurança adequados, conforto, acessibilidade e tudo o que um complexo exige, conforme já existe em muitas cidades próximas a Guaporé.
Área para possível expansão, como funcionará o acesso e estacionamento, onde a obra demandará menos investimentos, qual o tipo ideal de construção a ser feito, etc... são alguns dos pontos que estão sendo debatidos.
Um arquiteto especialista em locais para grandes eventos já esteve na cidade e juntamente com autoridades, apresentou os prós e contras de cada possível área. Agora, mais de uma dezena de arquitetos da cidade desenvolve um estudo aprofundado, para que se chegue à melhor escolha.
A primeira reunião, com o prefeito Fabris, vice Bastian, secretária de Turismo Cristiane Viel e de Coordenação e Planejamento, Vilson Biessek, aconteceu sábado, na Casa da Cultura. A próxima reunião será dia 27 de maio.
“Para agosto, termos uma decisão pautada em muito estudo e realizada democraticamente, ouvindo as entidades, apostando em pareceres técnicos, com o aval de dos interessados”, diz Biessek.
Uma comissão está sendo criada para a tomada de decisões e acompanhamento do projeto em todos os passos de execução.