Guapore - Inicial  
Tempo
Pesquisar:   Acessibilidade A1 A2 A3
Serviços:               Portal da Transparência:
Declaração
Eletrônica ISS
 
Nota Fiscal Eletrônica
de Serviços
 
Portal
Municipal
 
Edital de Concurso Público
 
Prefeitura Transparente
 
Serviço de Informações
ao Cidadão
 
Portal da
Transparência
Home
NOTÍCIAS
17/05/2017
Corpo de Bombeiros: Poder Público e Comando local em busca de servidores
Postado por: Secretaria deSegurança Pública e Trânsito
Corpo de Bombeiros: Poder Público e Comando local em busca de servidores

A situação do Corpo de Bombeiros de Guaporé preocupa não somente o Comando, os bombeiros e o Poder Público. Preocupa toda a comunidade que precisa destes valorosos servidores que trabalham a serviço da vida.
O baixo efetivo tem levado a medidas drásticas, como fechamento do quartel em alguns dias do mês, e problemas em escalas, folgas e horas extras, já que há poucas pessoas para realizar o rodízio necessário para manter o serviço 24 horas.
O Poder Público, através do secretário interino de Segurança e Trânsito de Guaporé, Alcedir Vanderlei Lovatto, reuniu-se na sede do 7º Comando Regional, em Passo Fundo, com o Comandante Interino do 7º CRB, Major Bittencourt, 1º Sargento Zimmer, responsável pelo Corpo de Bombeiros de Guaporé e o 1º Sargento Berton, também do Corpo de Bombeiros de Guaporé.
Em pauta, a reivindicação da reposição de efetivo e estudos para viabilizar a implantação em Guaporé da modalidade de Bombeiros Civis ou Comunitários, de modo que o Poder Público possa colaborar com os trabalhos. Entre as decisões tomadas, o comprometimento por parte do Major Bittencourt de acrescer ao efetivo local, hoje com oito servidores, de três a cinco novos bombeiros militares, com isso permitindo a retomada das escalas diárias, acabando com a interrupção do trabalho durante sete dias em um mês, por falta de bombeiros.
Já ao Poder Público, cabe a definição jurídica e técnica para a contratação de pessoas dispostas a serem treinadas para atuar como bombeiros comunitários, buscando também que os municípios que são atendidos pelo Quartel de Guaporé custeiem pelo menos um desses bombeiros, incrementando em até 10 pessoas os serviços burocráticos e práticos prestados pela Guarnição.
Para o Major “é louvável a iniciativa do Poder Público de participar ativamente na busca por uma solução para o grave problema de pessoal que atinge a corporação atualmente”. O comandante também se colocou à disposição de Guaporé, em caso de necessidade de esclarecimentos junto à comunidade sobre a atual situação dos bombeiros e sobre as medidas que estão sendo tomadas pelo Governo Estadual para solucionar os problemas. Lovatto colocou a Administração Pública como parceira e afirmou que tudo o que legalmente puder ser feito a serviço dos bombeiros, será executado. “Queremos que o efetivo seja suficiente para que Guaporé e os municípios da região possam se sentir seguros com relação à presença constante da corporação, encerrando o mais rápido possível o ciclo de insegurança que se dá pela ausência de plantões e disponibilidade de atendimento durante sete dias, todos os meses. O problema da falta de efetivo se arrasta há algum tempo e a atual Gestão buscará através da união de todos os municípios atendidos, a junção de recursos e esforços para solucionar o problema”, afirma.